sábado, 19 de fevereiro de 2011

Caixa de chá

     



      Hoje tenho para mostrar uma caixa  de chá, a tal de que falava no "post" anterior e que veio ao engano, pensando eu que era uma caixa de costura. Ao saber da história, a minha amiga O. disse que a queria, e cá está ela, terminada e já embalada, prontinha a seguir. Mas também esta caixa tem um passado bem atribulado, digno de um enredo dos velhos estúdios da Tobis eh eh eh ...Só que desta vez não vou contar a história, porque, por vezes a realidade de tão inesperada supera a ficção, e nós não queremos o cantinho da velha transformado numa espécie de Entroncamento das artes decorativas, ai sim, lugar de insólitos acontecimentos. Além de tudo o mais o artista tem que guardar os seus segredos para poder seguir em frente de cabeça erguida e ar confiante.
     Imaginem que começava aqui a contar histórias de craquelês que não craquelavam e craquelados supostamente sem craquelê  eh eh eh ...todos iam pensar que nestas artes do craquelê a velha é um bocadinho trapalhona, mas justiça lhe seja feita, também é teimosa que nem uma mula velha e não baixou as armas enquanto a "obra" não saiu ao seu jeito!!
    E assim, surgiu esta caixinha integralmente pintada à mão e com um craquelê bem "suado" .... eh eh eh ...  

5 comentários:

  1. Se com tanta atribulação saiem peças destas...que venha mais "confusão" ;) Muito suave e sofisticada esta caixinha!
    Jinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  2. Muito linda sua caixa...aliás, as duas estão lindas...bjosss

    ResponderEliminar
  3. Olá!
    Adorei seus trabalhos! Esta caixa é muito linda.

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Olá minha querida!
    Obrigada por sua visita e por seu comentário.
    Amei seus trabalhos também.
    Vou te seguir.
    Bjs

    ResponderEliminar