terça-feira, 29 de novembro de 2011

Voltando às capas ...





De volta ao trabalho! 
Sabe bem!! Após o descanso, as energias ficam renovadas e a vontade duplica. E há tanta coisa para fazer ...
Quanto a trabalhos manuais aqui fica mais uma capa para transportar livros. Continuo nos tons azuis :) ... e esta tem passarinhos.

A "velha" anda um pouco atrasada e só agora vai entrar no tema do Natal, mas tinha que apanhar primeiro o espirito da coisa ... ehehehe ... e agora sim, parece que já começou o frio ...já cheira a fritos, já apetece coscurões e velhoses ... lareira acesa e café quentinho  ... as mantas já estão prontinhas no sofá. Agora já "apetece" o Natal !! 
Mãos à obra .... ehehehe .... 

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Albúm de fotografias

 
    Finalmente algum sossego! Já há muito tempo que eu  pedia uns dias assim, mais calmos. Apesar de haver sempre alguma coisa por fazer, não é nada que não possa esperar e urgente ... urgente mesmo, é eu ir para a rua, aproveitar este sol primaveril que nos enche por dentro, sentar-me num degrau, ali fora, e comer uma laranja, enquanto uns raios de sol me acariciam as bochechas :) Sim, isto é urgente!! E depois estou pronta para enfrentar as crises todas que por ai andam e  outras que ainda nem chegaram .... 

   Quanto ao que me tras aqui hoje :) este albúm de fotografias, só para princesas ... seja qual for a sua idade ... adorei fazê-lo, este foi feito sem pressões, com paciência ... e tinha um sorriso pateta que não me saía dos lábios   ... há dias assim!! eheheh. "Bora" lá aproveita-los, porque amanhã pode chover ...

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Menina dos olhos doces ...

   


    Do Cantinho da Velha têm saido algumas  pregadeiras destas, com carinhas de bonecas. Não as tenho colocado todas, porque senão era sempre "mais do mesmo" por aqui .... :) Mas esta tinha mesmo que a mostrar, e já estou em falta porque já saiu do "cantinho" há algum tempo. Foi para a simpatiquíssima Raquel do blogue Atelier da Casaleira, espero que tenha ficado ao seu gosto. 
   Foi muito engraçado encontrar a Raquel por aqui, uma vez que somos praticamente vizinhas e não nos conheciamos, atendendo ao facto de não estarmos a falar de um grande centro urbano, não deixa de ter a sua curiosidade. Mas pensado bem, infelizmente acho que já não conheço uma boa parte das pessoas que vivem por perto. Será sinónimo das vidas agitadas que todos temos, dos rumos que as vidam levam ... ? No entanto e apesar de passar muito tempo sem ver certas pessoas, a verdade é que nunca as esquecemos e as recordamos com muito carinho.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Pregadeira Rosa



   Tenho pena de não poder mostrar esta rosa ao vivo e a cores :)  ... a fotografia tirou-lhe o encanto ... ohhh ... pessoalmente acho que ficou muito bonita.

    Esta é uma pregadeira, a próxima vai ser para colocar na mala.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Sorrisos coloridos ....

   

    Estas pregadeiras com carinhas de bonecas vão para o infantário Borboleta Colorida em Queluz.  A princezinha que as ofereceu, fez questão em dar uma a cada educadora e auxiliar. Espero que gostem e que a Borboleta fique ainda mais colorida com tantos sorrisos ... :)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

E novidades ... :)



  É engraçado este mundo da net ... Apesar de ser formada nestas áreas, confesso que o convívio social através dos diferentes meios que a informática coloca ao nosso dispor, não é algo que me fascine particularmente.  Mas ... - e lá vem o mas ... - a verdade é que acontecem por aqui coisas muito curiosas. Desde encontrar amigos dos tempos da escola ou de outros empregos, até "conhecer" uma artesã que vive quase ao pé da porta ... ou de visitar tanta vez os mesmos blogues que nos dá a sensação de conhecer um pouquinho da pessoa que lá está, tudo isto acaba por ser uma forma de convívio que na dose certa é bem positivo.  E aqui aplica-se aquela frase da publicidade que passa na TV  e que diz " se eu podia viver sem isto? ... sim podia, mas não era a mesma coisa ..."  eheheh ...
 E toda esta lenga-lenga porquê ? Porque a simpatiquíssima Fernanda do blogue http://umapintaroxa.blogspot.com  deixou-me uma mensagem a perguntar por "novidades", eu dei conta que estava em falta e nunca mais tinha publicado nada. Então muito à pressa e num texto um bocadinho "mal-amanhado" aqui fica um trabalhinho feito por estes dias e que ainda não tinha tido o seu momento aqui no blogue.  É uma capa para transportar os livros, quando os queremos sempre à mão para uns minutinhos de leitura ... Tenho feito algumas capas destas ... todas parecidas, mas todas diferentes :)

PS. Obrigada Fernanda, por me fazer mexer .... :) 

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

A nostalgia de um trabalho pronto ... eheheh

 
    O título desta publicação parece tender para a filosofia, talvez para a poesia ... ou, quiçá, se fique mesmo é pela psiquiatria  ...  pois deverá ser mesmo alucinada da cabecinha, aquela que já sente saudades de fazer um trabalho que levou anos a terminar, que deu imensas dores nas costas pela postura, que por várias vezes foi colocado de lado pois os pulsos e o antebraço agonizavam de dores, umas dores fininhas que começam no braço e terminam na alma ... literalmente!
    Mas finalmente está pronta!! Já falei dela, há uns tempos atrás aqui. E na verdade, a minha passadeira dava um romance ...  eheheh ... que poderia começar mais ou menos assim : " naquela manhã, com um sorriso nos lábios e uma esperança imensa  que fossem breves os trabalhos que a esperavam, lá foi a Teresa de revista na mão comprar as lãs  e ... blá, blá, blá .... " 
    Acontece que os "trabalhos" estiveram longe de serem breves e aconteceu um precalço feio com a lã. A que comprei para encher não chegou e quando voltei a comprar já não encontrei igual. A lã tem um tom ligeiramente diferente, consegui que ficasse toda na barra, aparentemente não se nota segundo dizem, mas os meus olhos batem sempre lá, naquele pormenor que me faz um aperto no coração ... tanto trabalho ... deveria ter ficado tudo perfeitinho! Mas, o que não tem remédio, remediado está, e fica a lição para próximas aventuras, nunca comprar nada "à conta" pois a conta pode estar errada. 
    Para além do "drama" da lã :) que na verdade nem é assim tão grande, este trabalho  tem a sua história e as suas motivações, esta é uma daquelas em que mistura o prazer com vontade, e foi mesmo isso que permitiu que esta passadeira ficasse pronta. Adoro fazer arraiolos, é para mim uma terapia excelente, a mente descansa e os movimentos tornam-se automáticos. Os pontos são grandes, os esquemas são grandes ... pelo que deixa livre a concentração, e o pensamento pode divagar por outras andanças que ninguém dá por nada, além de tudo mantém as mãos ocupadas e vê-se trabalho feito. Perfeito  para aliviar o stress, mas muito desaconselhado para quem se queixa das "cruzes" ou dos "rinzes" como se diz na minha terra  ( leia-se rins ou melhor ainda coluna , eheh)
     E se por um lado sinto um contentamento pelo trabalho pronto e já colocadinho no lugar, por já não ver aquele saco enorme cheio de tela e lãs sempre fora do sítio, por outro sinto uma vontade grande de me meter em novos trabalhos... talvez um conjunto novo de tapetes para o quarto ... talvez uns paineis  para a parede ... assim a imitar uns azulejos antigos em tons de azul ... acho que ficava giro, mas a razão diz-me para me manter afastada dos arraiolos ...a razão ... e o facto de ainda não ter encontrado o esquema, do que imaginei que gostaria de ver na tal parede ...

    Quanto a dados técnicos, a passadeira tem aprox. 3,5 metros de comprimento por 75 cm de largura.