quinta-feira, 8 de março de 2012

E Viva a tecnologia!!

    Tinha que acontecer ... e LOGO agora ...
    Sim, logo agora!!!

    Não façam justiça ao péssimismo que nos caracteriza e não comecem já a pensar em desgraças, daquelas bem desgraçadinhas. O que aconteceu foi o "raio"  da máquina de costura que se avariou, peço desculpa pelo "raio", mas já pensei em palavras um bocadinho piores, pensei só, porque não sou rapariga para andar a dizê-las. E logo agora ... sim, agora que eu até tinha tempo e vontade para as costuras...
    E é ver os projectos acumulados em cima da secretária!!! Parece-me (mas não tenho a certeza) que o número de projectos duplicou no exacto momento em que a máquina se avariou ... ehehehe!!  

    Mas perguntarão, as mentes mais curiosas, o que "raio" ( e lá vem o raio do "raio" outra vez) aconteceu á máquina?
    - Pois é, queremos tecnologia, aí a temos!! Eu só quero que cosa a direito, pontinho corrido, não peço muito, mas a "menina" ganha vontade própria e começa aos pinotes. E é ver arabescos, pontos para a direita, com variações à esquerda e mortais ao centro. 
    - "A direito, rapariga... a DI-REI-TO!" grito eu, mas qual quê, quer é exibir tecnologia e fazer figura. Agora vais ao psiquiatra a ver se ganhas juizo e fazes o que te mandam.  Ainda não tem um ano e já pensa que faz o que quer! Hummm!!!

    E eu que tenho conhecimento de uma Singer, daquelas antigas, pretas com letras douradas que foi vitimas ao longo de várias gerações da curiosidade da criançada que a desmontava para ver como funcionava. Ainda por aí anda e é só dar ao pedal e regalarmo-nos com aquela maravilha de ponto a direito. É só o que sabe fazer, mas especializou-se e faz bem feito. Nunca precisou de psiquiatra ela, nem de médico cardiologistas as várias donas que já teve. E pronto, viva a tecnologia!!

    Mas "o que não tem remédio, remediado está" e durante um mês, tempo previsto para a reparação, tenho que me dedicar ao que não necessite da bendita máquina, ou então mudar provisoriamente o tema do blogue e dedicar-me à pesca ... 

4 comentários:

  1. oI MINHA AMIGA TERESA, DEIXE SUA MAQUINA DAR OS CHILIQUES E ACHARQUES DELA, ELA TAMBÉM TEM O DIREITO DE FAZER CHARME E NÃO TRABALHAR!!!!!
    LOGO VOLTA MELHORZINHA ESTA DANADA!!!
    QUANTO A PESCA...ACHO BOM...NUNCA VI BLOG DE PESCA ADMINISTRADO POR MULHER, ACHO QUE VAI SER SUCESSO!!!
    TERESA SEI QUE TÔ UM POUCO ATRASADA MAS QUERO DAR OS PARABÉNS PELO DIA INTERNACIONAL DA MULHER!
    NÓS MERECEMOS MUITO AMOR E RESPEITO NÃO NUM UNICO DIA MAS EM TODOS OS DIAS DO ANO!!!!
    UM ABRAÇO CARINHOSO MINHA AMIGA, E QUANDO SUA AMIGA VOLTAR SAUDAVEL DÊ MEUS COMPRIMENTOS A ELA.
    FIQUE COM DEUS.

    ResponderEliminar
  2. Singer antiga com letras douradas, eu tenho,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk e é nela que eu faço as minhas artes.
    Tudo bem que ela só faz ponto reto, mas, faz bem feito e não dá chiliques.
    Bjos.

    ResponderEliminar
  3. Pois a minha tambem andava assim, sempre no Doutor.
    Comprei uma outra agora esta sim é a beleza lá de casa espero que não tenha um ataque como a tua..lol.
    É como dizes quando queremos fazer alguma coisa é que as "bichas" ficam doentes..
    olha as melhoras..
    jocas

    ResponderEliminar
  4. Por aqui eu também tive uma modernidade dessas que mais me aborreceu do que deu prazer. Acabei voltando ao amor antigo que por sorte não tinha me desfeito. Não chega a ser uma Singer preta com letras douradas, é um pouco mais moderna, faz até zig zag, mas só. E também muito bem. A moderna acabou esquecida guardada no canto dentro do gabinete. Qualquer dia me animo e levo ela para o psiquiatra como diz você. Adorei os monstrinhos das festinhas. Você produz muito, parece uma máquina. Bjs
    Joana

    ResponderEliminar