sexta-feira, 22 de março de 2013

E digam lá se não há gente boa?!

    Há dias partilhava por aqui uma vontade enorme de fazer uma manta em crochet. Melhor, eu queria transformar um saco malfadado por lãs sem rumo, sem fio nem pavio em algo útil: uma mantinha, quentinha para o aconchego do sofá. No entanto a ruga da preocupação, aquela que fica entre os olhos, mesmo por cima do nariz, começava a franzir, à medida que o projecto manta avançava, as lãs diminuíam a um ritmo consideravel e preocupante ... não iam chegar! 
    Foi então que alguém me sussurrou ao ouvido um ... tenho uma caixa cheia de restos de lã ... estão uma bocadinho embaraçadas umas nas outras, mas tem bastantes cores ... se quiseres, são tuas! ...  - Não!!, nem pensar ... eu quero despachar as minhas, não quero mais sacos, nem saquinhos, caixas ou caixinhas com confusões ou embaraços de lãs por perto. 
    Mas ... eis que me chegam ao atelier as lãs desgovernadas, mas agora num aprumo de fazer inveja a qualquer um: novelos primorosamente enrolados, onde nem uma ponta escapa ... agrupados por cores e organizados em sacos ... e ainda com uma nota de rodapé  que diz que, se não quiser o que sobrar, posso devolver ... 
    E digam lá se não há gente boa? ... eu cá estou rodeada por elas!! excepção feita para esses senhores do governo que me lixam a vida todos os dias ...




14 comentários:

  1. Ri da tua situação que ao tentar se desfazer das obras e aparece alguém que oferece mais. Mas quem resiste? Uma amiga blogueira dia destes disse que pensa em filmar escondido pois acredita que as sobras se procriam. Bj
    Joana

    ResponderEliminar
  2. Há gente boa, sim! E esses senhores (gajos!) do governo não são gente.
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Claro que há gente boa..
    Agora toca a trabalhar...

    ResponderEliminar
  4. Olá Teresa,

    há muita gente boa, felizmente.
    E uma malta (metida a besta) no governo que está a transformar as pessoas boas em más.
    Beijinhos
    São

    ResponderEliminar
  5. Olá Teresa.
    As melhores coisas são aquelas que nos presenteiam sem estarmos à espera.
    Que belo presente que recebeste.
    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. Olá Teresa!
    É claro que ainda há gente boa e os presentes são sempre bem vindos.
    Bom fim de semana.
    Beijinhos
    Linda

    ResponderEliminar
  7. Que beleza! Mais material para fazer um lindo trabalho.

    bjs

    ResponderEliminar
  8. Ao passar pela net encontrei o seu blog, estive a ler algumas coisas e posso dizer que é um blog fantástico,
    com muita arte, o que eu admiro a vossa abilidade, pode-se dizer a abilidade de uma artista.
    Se desejar faça uma vista ao Peregrino e sevo e deixe o seu comentário.
    Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada António, tenho muito gosto em visitar o seu blog.

      Cumprimentos

      Eliminar
  9. Olá Teresa,
    muito obrigada pela visita ao meu cantinho. Aqui estou a retribuir o carinho.
    Que sorte em ter assim pessoas boas e generosas por perto! Assim já pode acabar a linda manta de lã. E por falar nela, gostei muito das rosetas, acho que estão muito bonitas e bem feitinhas; acho que até poderia fazer a manta só com elas todas unidas, sem a parte de rede à volta para formar o quadrado.
    Mas isto é apenas a minha opinião… e cada um tem o seu gosto :)
    Beijinhos e boas artes

    ResponderEliminar
  10. Olá:)

    Assim é que é! O que não serve para os outros torna-se útil para nós:)

    Também estou a fazer duas mantas, uma está parada porque fiquei sem lã e ainda não comprei. Acho que vou pedir no blog e quem sabe também tenha sorte:)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Olá Amiga!
    Para ti e familia eu desejo uma Páscoa feliz.
    Beijinhos
    Linda

    ResponderEliminar
  12. Bom final de semana .
    jocas para todos e muitas amêndoas.

    ResponderEliminar
  13. Olá Teresa,
    venho desejar-lhe uma feliz e santa Páscoa!
    Beijinhos

    ResponderEliminar